Useletter




  • Para ativar a sua subscrição terá de clicar no link que será enviado pela Google para o seu email.
  • A Useletter é o nosso popular email que versa sobre áreas como a Meditação, Mindfulness, Budismo, Yoga e outras atividades de 'Integração Mente-Corpo'. Contém os próximos encontros, dicas, sugestões, Meditações Guiadas e Ferramentas Práticas e uma relação forte com a (Neuro)ciência.

   
Voltar ao início

Top Ad unit 728 × 90

.

Mentes distraídas pertencem a pessoas infelizes



POR EDITOR SPM-BE |





Mentes distraídas pertencem a pessoas infelizes


Os psicólogos da Universidade de Harvard, Matthew Killingsworth e Daniel Gilbert utilizaram uma aplicação iPhone específica para "seguir a felicidade". Os resultados indicam que os participantes passaram pelo menos metade do seu tempo diário pensando em muito mais do que as suas actividades do momento, e essa distracção não os faz felizes.

Os seres humanos têm uma capacidade evolutiva única, um "pensamento estímulo-independente", que permite às pessoas aprender, raciocinar e planear. Simultaneamente, esta competência extraordinária possibilita, às nossas mentes distraídas, gastar muito tempo a pensar sobre o que não está acontecer ao nosso redor, mas contemplando eventos que aconteceram no passado e que poderão acontecer no futuro, ou que nunca vão acontecer. E isto acontece com um custo emocional.

Usando uma aplicação iPhone que mede a quantidade de vezes que uma pessoa se encontra distraída durante o dia, numa amostra de 5.000 pessoas, foram recolhidos 250.000 dados sobre pensamentos dos participantes, bem como os seus sentimentos e acções no seu quotidiano. Os voluntários que participaram neste estudo tinham idades compreendidas  entre os 18 e 88 anos, com 74% Americanos. Quando se perguntou sobre o que estavam a fazer, eles poderiam escolher entre uma lista de 22 actividades gerais, como andar, comer, assistir TV ou fazer compras. Os resultados indicam que os sujeitos gastaram 46,9 % do seu tempo, enquanto acordados, pensando em algo diferente daquilo que estavam a fazer, e esta divagação mental, tipicamente, é um bom preditor da infelicidade. 

Esse estudo mostra que as nossas vidas mentais são preenchidas, a um nível impressionante, pelo não-presente”, diz Killingsworth, um dos psicólogos autores do estudo.




Muitas tradições filosóficas e religiosas ensinam que a felicidade pode ser encontrada ao viver o momento, onde os praticantes treinam a mente para resistir às distracções e às divagações, estando “aqui e agora."
A ênfase no momento presente é talvez a característica mais distintiva do Zen. Na relação ocidental com o tempo escolhemos compulsivamente o passado para aprender lições, para posteriormente projectarmos num futuro hipotético, o momento presente foi comprimido a uma pequena porção no relógio entre um passado vasto e um futuro infinito. Zen, mais do que qualquer outra coisa, é sobre a recuperação e expansão do momento presente.


por Vítor Bertocchini


Participar no seguir a felicidade
Artigo científico em pdf 
Mentes distraídas pertencem a pessoas infelizes Reviewed by Prana | TM on 16:13 Rating: 5






MBSR

Treino de Resiliência ao Stress
e de Desenvolvimento Emocional


MBSR TTI

Em 2016 inicia a Formação de Instrutores de MBSR...

Formação

O meu 1º Retiro

Especialmente destinado Para quem deseja iniciar a...

Retiros

Retiros de Silêncio

Passar algum tempo em retiro é uma óptima forma...


Workshops

Fortemente práticos, são uma forma de ter...

Workshops


Mindfulness Institute
Sociedade Portuguesa de Meditação e Bem-Estar



Práticas de Integração 'Mente-Corpo'


A Sociedade Portuguesa de Meditação e Bem-Estar | Mindfulness Institute é uma associação científica, sem fins lucrativos, que procura contribuir para uma sociedade mais consciente através do estudo e da prática da Meditação.

Tem como missão contribuir para o estudo e para a prática da Meditação e outras abordagens de integração "mente- corpo", de forma científica e contemplativa, como forma para aumentar a qualidade de vida das pessoas e das comunidades, para o seu empowerment, facilitando a realização do seu pleno potencial.

ver mais


Bem-vind@s.






Últimas Entradas

*

 
Com tecnologia do Blogger.