Useletter




  • Para ativar a sua subscrição terá de clicar no link que será enviado pela Google para o seu email.
  • A Useletter é o nosso popular email que versa sobre áreas como a Meditação, Mindfulness, Budismo, Yoga e outras atividades de 'Integração Mente-Corpo'. Contém os próximos encontros, dicas, sugestões, Meditações Guiadas e Ferramentas Práticas e uma relação forte com a (Neuro)ciência.

   
Voltar ao início

Top Ad unit 728 × 90

.

A Neurociência das conexões humanas



POR EDITOR SPM-BE |





A Neurociência das conexões humanas



No recente livro Social, o psicólogo Matthew Lieberman explora investigação inovadora em neurociência social, revelando que a nossa necessidade de conexão com outras pessoas é ainda mais fundamental, mais básico do que a nossa necessidade de comida ou abrigo . Devido a isso, o nosso cérebro usa o seu tempo livre a aprender sobre o mundo social - as outras pessoas e a nossa relação com elas. Acredita-se que devemos passar 10.000 horas para dominar essa compêtencia. De acordo com Lieberman, cada um de nós passou 10 mil horas a aprender a fazer sentido de pessoas e grupos no momento em temos 10 anos.
Neste livro argumenta-se que a nossa necessidade de alcançar e nos conectarmos com os outros é o principal motor subjacente ao nosso comportamento. Acreditamos que a dor e o prazer guiam sozinhas as nossas acções. No entanto, uma nova pesquisa usando  ressonância magnética funcional (fMRI) - incluindo uma grande quantidade de pesquisa original realizada por Lieberman e seu laboratório da UCLA - mostra que o nosso cérebro reage à dor e ao e prazer social, da mesma forma como reagimos à dor e ao prazer físicos. Felizmente, no cérebro evoluíram mecanismos sofisticados para garantir o nosso lugar no mundo social. Temos uma capacidade única de ler a mente das outras pessoas, para descobrir as suas esperanças, medos e motivações, o que nos permite coordenar de forma eficaz as nossas vidas uns com os outros. E o nosso sentido mais íntimo do que somos está intrinsecamente ligado às pessoas e grupos importantes nas nossas vidas. Esta rede muitas vezes leva-nos a restringir os nossos impulsos egoístas para o bem maior. Estes mecanismos levam a um comportamento que pode parecer irracional, mas é realmente apenas o resultado da nossa profunda ligação social e necessários para o nosso sucesso como espécie.

Baseado nas mais recentes investigações, os resultados em Social têm importantes implicações no mundo real. As nossas escolas e empresas, por exemplo, tentam minimizar as distrações sociais. Mas esta é exactamente a postura errada a tomar para incentivar o envolvimento e a aprendizagem, e, literalmente, desligam o cérebro social, deixando poderosos recursos neuro-cognitivos inexplorados. Os insights revelados neste livro pioneiro sugerem formas de melhorar a aprendizagem nas escolas, tornar o trabalho mais produtivo e melhorar o nosso bem-estar geral.


A Neurociência das conexões humanas Reviewed by Prana | TM on 13:49 Rating: 5






MBSR

Treino de Resiliência ao Stress
e de Desenvolvimento Emocional


MBSR TTI

Em 2016 inicia a Formação de Instrutores de MBSR...

Formação

O meu 1º Retiro

Especialmente destinado Para quem deseja iniciar a...

Retiros

Retiros de Silêncio

Passar algum tempo em retiro é uma óptima forma...


Workshops

Fortemente práticos, são uma forma de ter...

Workshops


Mindfulness Institute
Sociedade Portuguesa de Meditação e Bem-Estar



Práticas de Integração 'Mente-Corpo'


A Sociedade Portuguesa de Meditação e Bem-Estar | Mindfulness Institute é uma associação científica, sem fins lucrativos, que procura contribuir para uma sociedade mais consciente através do estudo e da prática da Meditação.

Tem como missão contribuir para o estudo e para a prática da Meditação e outras abordagens de integração "mente- corpo", de forma científica e contemplativa, como forma para aumentar a qualidade de vida das pessoas e das comunidades, para o seu empowerment, facilitando a realização do seu pleno potencial.

ver mais


Bem-vind@s.






Últimas Entradas

*

 
Com tecnologia do Blogger.