Useletter




  • Para ativar a sua subscrição terá de clicar no link que será enviado pela Google para o seu email.
  • A Useletter é o nosso popular email que versa sobre áreas como a Meditação, Mindfulness, Budismo, Yoga e outras atividades de 'Integração Mente-Corpo'. Contém os próximos encontros, dicas, sugestões, Meditações Guiadas e Ferramentas Práticas e uma relação forte com a (Neuro)ciência.

   
Voltar ao início

Top Ad unit 728 × 90

.

O exercício mental, como a meditação, pode mudar as nossas mentes!



POR EDITOR SPM-BE |





O exercício mental, como a meditação, pode mudar as nossas mentes!

budismo mindfulness
Usando ressonância magnética funcional, Davidson mostrou que a meditação na compaixão, mesmo em praticantes de curto prazo, induziu alterações significativas nos padrões de actividade funcional do cérebro.
Richard Davidson, um dos principais cientistas do cérebro do mundo, acredita que o exercício mental, especificamente a meditação, pode literalmente mudar as nossas mentes.

"Os dados das investigações mostram que a prática mental pode induzir mudanças duradouras no cérebro", disse Davidson, professor de psicologia e psiquiatria da Universidade de Wisconsin-Madison.

A sua pesquisa científica surpreendente sobre o impacto da meditação no funcionamento do cérebro e tem implicações que vão além do plano físico. Os monges budistas acreditam que os atributos mentais e as emoções positivas como a compaixão, a bondade e empatia são competências que podem ser cultivadas. A ciência tem comprovado isso mesmo.

Health: Mental exercise like meditation can literally change our minds

Usando uma rede de sensores geodésica de 128 canais, O monge Budista Matthieu Ricard senta-se num quarto à prova de som e prepara-se para um electroencefalograma (EEG) na Universidade de Wisconsin-Madison. Ricard é um participante de longa data do estudo em curso liderado por Richard J. Davidson que monitoriza as ondas cerebrais dos participantes durantes várias formas de meditação, includindo a meditação na compaixão. Davidson é o director dos laboratórios Waisman for Brain Imaging and Behavior (WLBIB) e do William James e Professor universitário de  Psicologia e de Psiquiatria.

Photografia por: Jeff Miller,  University of Wisconsin-Madison University.

Davidson começou a meditar em 1974, quando era um estudante de doutoramento em Harvard. Naquela época, a meditação era vista como uma importação oriental, algo exótico e estranho. Foi quando conheceu o Dalai Lama, em 1992, que Davidson "decidiu sair do armário o seu interesse na meditação". Ficou animado com a possibilidade de aplicar o estudo científico rigoroso na prática da meditação.

"Fiz um compromisso de fazer o meu melhor para levar os instrumentos tão bem afinados em estudar o medo e a ansiedade e aplicá-los na investigação da bondade e da compaixão."

Davidson começou um estudo, que ainda está em curso, do cérebro de monges budistas, os chamados "atletas olímpicos" da meditação, cada um dos quais haviam realizado pelo menos 10.000 horas de meditação. "O trabalho foi enquadrado na pesquisa sobre a neuroplasticidade, segundo a qual o cérebro muda em resposta à experiência", disse Davidson.


Usando ressonância magnética funcional, Davidson mostrou que a meditação na compaixão, mesmo em praticantes de curto prazo, induziu alterações significativas nos padrões de actividade funcional do cérebro.
Davidson, que publicou as suas descobertas sobre a meditação nas mais prestigiadas revistas científicas do mundo, acredita que mesmo o chamado " set-point da felicidade" (a ideia de cada pessoa tem um determinado nível de felicidade determinada geneticamente) de cada pessoa pode ser modificado positivamente.

As aplicações potenciais incluem intervenções não-farmacológicas ou tratamento complementar para a depressão, bem como questões comportamentais e relacionada ao stress.

Davidson pensa que em 2050 o treino mental será entendido como sendo tão importante quanto o exercício físico.

Adaptado de:http://www.vancouversun.com/sports/health+mental+exercise+like+meditation+literally+change+minds/2035205/story.html ~
O exercício mental, como a meditação, pode mudar as nossas mentes! Reviewed by Prana | TM on 15:16 Rating: 5






MBSR

Treino de Resiliência ao Stress
e de Desenvolvimento Emocional


MBSR TTI

Em 2016 inicia a Formação de Instrutores de MBSR...

Formação

O meu 1º Retiro

Especialmente destinado Para quem deseja iniciar a...

Retiros

Retiros de Silêncio

Passar algum tempo em retiro é uma óptima forma...


Workshops

Fortemente práticos, são uma forma de ter...

Workshops


Mindfulness Institute
Sociedade Portuguesa de Meditação e Bem-Estar



Práticas de Integração 'Mente-Corpo'


A Sociedade Portuguesa de Meditação e Bem-Estar | Mindfulness Institute é uma associação científica, sem fins lucrativos, que procura contribuir para uma sociedade mais consciente através do estudo e da prática da Meditação.

Tem como missão contribuir para o estudo e para a prática da Meditação e outras abordagens de integração "mente- corpo", de forma científica e contemplativa, como forma para aumentar a qualidade de vida das pessoas e das comunidades, para o seu empowerment, facilitando a realização do seu pleno potencial.

ver mais


Bem-vind@s.






Últimas Entradas

*

 
Com tecnologia do Blogger.